JUSTIÇA

Pacote anticrime atinge ‘criminoso no bolso’, diz Moro

A ideia é fazer valer literalmente a frase ‘o crime não compensa’, atingindo o criminoso no bolso. Valerá para traficantes, corruptos, crime organizado, entre outros.

16/12/2019 14h08Atualizado há 4 meses
Por: Eduardo Magalhães
Fonte: O Antagonista
255

No Twitter, Sergio Moro comemorou a aprovação de trecho do pacote anticrime que prevê o “confisco amplo de bens de criminosos profissionais ou habituais”.

“Para aquele que faz do crime a profissão, o confisco, após condenação, atingirá todo o patrimônio, salvo o que tiver origem legal provada. A ideia é fazer valer literalmente a frase ‘o crime não compensa’, atingindo o criminoso no bolso. Valerá para traficantes, corruptos, crime organizado, entre outros.”