CRIME

URGENTE: Colega de cela de Adélio revela pagamento de 500 mil para matar Bolsonaro

Farhad Marvizi, o vizinho de cela de Adélio Bispo revelou ao delegado que investiga o atentado a Jair Bolsonaro

01/11/2019 08h09Atualizado há 2 semanas
Por: Eduardo Magalhães
Fonte: O Antagonista

A Crusoé teve acesso ao depoimento de Farhad Marvizi, o vizinho de cela de Adélio Bispo.

Ao delegado que investiga o atentado a Jair Bolsonaro, Marvizi contou que teria se aproximado de Adélio em março deste ano e obtido dele informações inéditas sobre o caso – algo que, sustenta, poderia mudar os rumos da investigação. O iraniano afirmou ter descoberto que Adélio seria ligado a uma facção e que, além disso, lhe teria revelado o nome do mandante do crime.

O ataque de Adélio, segundo ele, só teria ocorrido após uma promessa de pagamento de 500 mil reais para matar o “dr. Jair”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Luís - MA
Atualizado às 09h06
28°
Nuvens esparsas Máxima: 33° - Mínima: 23°
31°

Sensação

26 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
Últimas notícias
Mais lidas