JUSTIÇA

Deputado do PSC diz que será punido por Witzel por ter defendido Bolsonaro

"Alguém acochou o porteiro, alguém ameaçou. Não sei se foi o governador Wilson Witzel ou se foi alguém do PT. E nós vamos saber quem foi.” disse o deputado

31/10/2019 09h34
Por: Eduardo Magalhães
Fonte: O Antagonista

O deputado bolsonarista Otoni de Paula, do Rio de Janeiro, foi informado de que não será mais vice-líder do PSC na Câmara — pelo sistema da Casa, ele ainda continua no posto.

A punição partiu do governador Wilson Witzel, também do PSC, depois que Otoni ocupou a tribuna para defender Jair Bolsonaro no caso Marielle Franco:“Ninguém vai culpar porteiro. Se bobear, o porteiro votou até no Bolsonaro, gostava até do Bolsonaro. Sabe o que aconteceu? Alguém acochou o porteiro, alguém ameaçou. Não sei se foi o governador Wilson Witzel ou se foi alguém do PT. E nós vamos saber quem foi.”

Há pouco, Otoni escreveu nas redes sociais: “Porque sou um crítico do comportamento do governador Wilson Witzel, não sou mais vice-líder do PSC. Perco a liderança, mas não a consciência”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Luís - MA
Atualizado às 08h56
28°
Nuvens esparsas Máxima: 33° - Mínima: 23°
31°

Sensação

26 km/h

Vento

74%

Umidade

Fonte: Climatempo
Últimas notícias
Mais lidas