JUSTIÇA

Bolsonaro onipresente, Bolsonaro estava em Brasília, quando foi acusado de estar na sua residência. .

O porteiro não apresentou nenhuma prova.

29/10/2019 22h36Atualizado há 3 semanas
Por: Eduardo Magalhães

Bolsonaro foi acusado de estar na sua casa por um porteiro, só que na verdade ele estava em Brasília com registros de votações dele na Câmara dos deputados, registrado no dia anterior e no dia posterior digitais no painel de votação e vídeo dentro do gabinete. E o carro suspeito, não se dirigiu a casa dele, de número 58, mas à casa de número 66. No dia 14 de março de 2018, data da morte de Marielle Franco, ele registrou presença na Câmara às 17h41 e às 19h36.

Então cai por terra a declaração do porteiro de seu condomínio, que disse que, por volta das 17h10, teria falado com o “seu Jair”, ao ligar para sua casa no condomínio Vivendas da Barra.

O suspeito assim que entra no condomínio vai para outra casa e não a casa do Bolsonaro. 

O porteiro não apresentou nenhuma prova. Só ficou na suposição que poderia ser a voz do Presidente por isso liberou a entrada do suspeito.

Esse caso parece com o caso Marco Feliciano e Patrícia Léllis, a mesma acusou Feliciano de estupro, só que no momento do suposto estupro Feliciano estava numa reunião com o Ministro da Educação. Com imagens comprovadas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Luís - MA
Atualizado às 13h54
30°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 24°
34°

Sensação

24 km/h

Vento

66%

Umidade

Fonte: Climatempo
Últimas notícias
Mais lidas