OLIMPIADAS

‘Rei Arthur’ admite propina para escolha do Rio nas Olimpíadas

Arthur foi preso – e solto logo em seguida – na última sexta-feira (25), em Miami, nos Estados Unidos.

29/10/2019 08h37
Por: Eduardo Magalhães
Fonte: Metrópolis

 

A revelação faz parte dos termos de um acordo de delação premiada fechada pelo empresário apelidado de “Rei Arthur”.

Arthur Menezes Soares Filho, empresário conhecido como “Rei Arthur”, confirmou o esquema de pagamento de propina para delegados da África na escolha do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. 

Arthur foi preso – e solto logo em seguida – na última sexta-feira (25), em Miami, nos Estados Unidos

Um acordo de colaboração com as autoridades salvou o empresário do risco de deportação para o Brasil. A revelação faz parte dos termos de um acordo de delação premiada.

De acordo com as investigações, Rei Arthur usou a offshore Matlock Capital Group para transferir US$ 2 milhões para a conta do filho de Lamine Diack, então presidente da Federação Internacional de Atletismo, a maior federação olímpica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Últimas notícias
Mais lidas