Lula pode ser solto

Gilmar Mendes libera pedido de liberdade de Lula para julgamento

A expectativa é que o pedido seja analisado nesta terça-feira (11) ou no dia 25 de junho

10/06/2019 23h05Atualizado há 2 meses
Por:
Fonte: Renova Midia
O habeas corpus começou a ser analisado em dezembro de 2018
O habeas corpus começou a ser analisado em dezembro de 2018

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, liberou para julgamento, na noite desta segunda-feira (10), um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Lula da Silva.

O habeas corpus começou a ser analisado em dezembro de 2018. Após dois votos contra a concessão da liberdade a Lula, Mendes pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso.

A expectativa é que o pedido seja analisado nesta terça-feira (11) ou no dia 25 de junho, pela Segunda Turma do Supremo, segundo o portal de notícias G1.

O pedido foi apresentado pela defesa de Lula no ano passado, quando o então juiz federal Sergio Moro aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para comandar o Ministério da Justiça.

Como teve a condenação confirmada em segunda instância, no ano passado, Lula foi preso em abril do ano passado e levado para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Em abril deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) analisou o caso e também manteve a condenação, mas reduziu a pena.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários